Setorial - Nossa terra no ar.
18 de abril de 2016 08:30

Câmara aprova abertura de impeachment

Agora, o Senado pode manter a decisão ou arquivar as investigações

Por Redação
Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

A Câmara dos Deputados aprovou nesse domingo (17) a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. A votação atingiu às 23h08 os 342 votos necessários para dar continuidade ao processo no Senado.

No momento em que o placar alcançou os 342 pró-impeachment, havia 127 votos contra o impedimento e seis abstenções.

Agora, o Senado pode manter a decisão dos deputados e instaurar o processo ou arquivar as investigações, sem analisar o mérito das denúncias. Caso autorize a instalação do processo, Dilma deverá se afastar do cargo por até 180 dias, período em que o vice-presidente Michel Temer (PMDB) assumiria a Presidência da República interinamente.

A sessão foi aberta às 14h pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Após o pronunciamento do relator da Comissão Especial do Impeachment, deputado Jovair Arantes (PTB-GO), de líderes partidários e representantes da minoria e do governo, a votação começou por volta de 17h45.

Durante todo o dia, manifestações contra e a favor do governo Dilma foram realizadas no país.

O placar final da votação foi:

  • 367 votos a favor do impeachment
  • 137 contra
  • 7 abstenções
  • 2 ausentes

Os comentários para este conteúdo estão encerrados.