Setorial - Nossa terra no ar.
04 de junho de 2014 09:14

Operação acolhe moradores de rua vítimas de violência e drogas

Por Redação
Foto: Antonio Basílio/ PMSJC
Foto: Antonio Basílio/ PMSJC

A Prefeitura de São José dos Campos, a Vara da Infância e Juventude e o Conselho Tutelar, com apoio da Guarda Civil e das Polícias Militar e Civil realizaram uma ação conjunta na tarde desta terça-feira (3), denominada Operação Acolher, para abordar pessoas em situação de rua sob ameaça de violência e tráfico de drogas.A equipe de abordagem contou com cerca de 100 profissionais, 20 veículos leves, 12 motos e um caminhão, e esteve em quatro pontos de grande concentração de pessoas em situação de rua: Praça da Matriz, Praça de Santana, Praça Primeiro de Maio (no Parque Novo Horizonte) e região do Pinheirinho, onde houve abordagem a 20 pessoas. Outras operações semelhantes poderão ser realizadas.

O principal objetivo foi oferecer internação em clínicas de recuperação, apoio social e psicológico para usuários de drogas e alcoolistas; além do apoio

Foto: Antonio Basílio/ PMSJC
Foto: Antonio Basílio/ PMSJC

material às famílias para acolhimento de deficientes físicos, acolhimento, orientação e encaminhamento crianças e adolescentes aos pais ou responsáveis.

Pessoas de outras cidades poderão ser encaminhadas ao lugar de origem e todas as identificações de vítimas de exploração e trabalho infantil serão encaminhadas aos programas sociais e Fundhas.

A operação também serviu identificar as principais áreas e estabelecimentos comerciais eventualmente utilizados para apoiar a contravenção, a pirataria e o crime organizado.

A operação integrada teve participação das Secretarias de Desenvolvimento Social, Defesa do Cidadão (Guarda Municipal e Fiscalização), Saúde, Vara da Infância e Juventude e Conselho Tutelar.

Balanço da operação:

• 10 pessoas aceitaram acolhimento e foram encaminhadas ao Abrigo
• 4 aceitaram internação imediata em clínica de recuperação
• Uma pessoa foi avaliada pela Saúde Mental e encaminhada para a internação na Clínica Francisca Júlia
• 7 crianças e adolescentes que usavam entorpecentes (4 na Praça Primeiro de Maio e 3 no Pinheirinho) foram abordadas pelo Conselho Tutelar e os pais foram chamados. Também foi oferecido tratamento em clínica de recuperação
• Duas pessoas preferiram voltar para suas casas
• Uma gestante aceitou internação e acompanhamento clínico

 

Fonte: Prefeitura de SJC

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*