Setorial - Nossa terra no ar.
17 de julho de 2014 08:14

Consumo exagerado de bebidas agride o coração, diz estudo

Quantidade total de álcool consumida é mais importante do que a frequência do consumo

Por Redação

O consumo exagerado de bebidas alcoólicas é prejudicial à saúde, principalmente para o coração, e um novo estudo mostrou que reduzir o uso do álcool, mesmo para aqueles que bebem socialmente, pode diminuir a pressão arterial e o risco de doença cardíaca.

O cardiologista  Gerald Carr-White, do Bridge Hospital, em Londres, explica que exagerar na bebida pode elevar o risco de estreitamento das artérias que irrigam o coração e, assim, oferecer mais chances de um ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral, além de agravar os quadros de hipertensão, diabetes e insuficiência cardíaca.

Segundo o especialista, a quantidade total de álcool consumida é mais importante do que a frequência do consumo. Os sintomas podem ser dor no peito, falta de ar até ataques cardíacos súbitos.

A orientação para manter um coração livre de problemas é adotar estilos de vida saudáveis a longo prazo. Não fumar, manter o peso ideal, praticar exercícios e consultar um médico são outras formas de evitar doenças.

 

 

 

 

Os comentários para este conteúdo estão encerrados.