Setorial - Nossa terra no ar.
05 de abril de 2016 18:07

Com surto de H1N1, SP triplica pedidos de antiviral

Mortes pelo vírus no Estado chegaram a 55, segundo a Secretaria

Por Redação

Estimativa da Secretaria Estadual da Saúde é de que pelo menos 149 mil pessoas necessitem de tratamento para o vírus da gripe H1N1 no estado de São Paulo neste ano. Número é o triplo de pacientes tratados em 2015. Previsão equivale ao número de unidades do medicamento oseltamivir, mais conhecido como Tamiflu, solicitadas pelo governo do Estado ao Ministério da Saúde até o fim de março. O total de antivirais pedidos em 2016 deve aumentar com a chegada do inverno, quando sobe o número de casos da doença.

No ano passado, quando o número de casos no estado foi menor e as infecções ficaram concentradas no período do inverno, a Secretaria recebeu do Ministério volume de Tamiflu suficiente para o tratamento de 48,5 mil pessoas, sendo 9,5 mil crianças. Já neste ano, com um surto antecipado e perspectiva de aumento de casos na estação mais fria do ano, a pasta pediu ao Ministério tratamento para 149,1 mil pessoas, das quais 33,8 mil são crianças.

Segundo boletim divulgado pela Secretaria na última sexta-feira (1º), 372 casos de SRAG e 55 mortes foram registradas até o dia 29 de março. Em 2015, foram 33 casos e 10 mortos.

Os comentários para este conteúdo estão encerrados.