Setorial - Nossa terra no ar.
07 de julho de 2014 15:04

Fifa não vai punir Zúñiga

Colombiano cometeu a falta que tirou Neymar da Copa

Por Redação

Mesmo após toda repercussão, a Fifa decidiu que não irá punir o colombiano Zúñiga pela falta contra Neymar, que resultou na saída do atacante da Copa do Mundo.

A justificativa do Comitê Disciplinar da entidade, em comunicado oficial, é que não poderia punir o jogador colombiano. No mesmo aviso, o comitê também nega o pedido da CBF para retirar o segundo cartão amarelo de Thiago Silva, que suspende o capitão brasileiro para o jogo contra a Alemanha.

De acordo com o Comitê Disciplinar, o lance não escapou aos olhos dos árbitros em campo, que é a primeira das duas condições cumulativas para que o artigo 77 a) do Código Disciplinar da Fifa seja aplicado. No caso do artigo 77 b), que também permite que o Comitê reveja um lance, também não pode ser usado porque nenhum cartão foi mostrado ao jogador Zuñiga. Esse artigo só pode ser aplicado caso o árbitro mostre algum cartão para o jogador errado.

O Comitê também deu seu parecer referente ao pedido da CBF pela retirada do cartão amarelo de Thiago Silva no jogo contra a Colômbia, alegando que não existem bases legais para o requerimento. O cartão suspende o jogador da partida desta terça-feira contra a Alemanha nas semifinais.

Neymar fraturou a terceira vértebra lombar após sofrer uma joelhada do colombiano Zúñiga, nas costas, pouco antes do final do segundo tempo. Mesmo com a vitória de 2×1 que garantiu a seleção na semifinal, a perda do atacante causou um grande susto os torcedores e para o time.

O atacante foi atendido em um hospital em Fortaleza e decidiu não continuar na Granja Comary, seguindo de helicóptero para sua casa, no Guarujá. Neymar se mantém em repouso e recebe visitas apenas de amigos e familiares.

Os comentários para este conteúdo estão encerrados.